Luís Graça & Camaradas

Subsídios para a história da guerra colonial > Guiné (24) >  Ilha do Como

 

Guiné-Bissau > Mapa 1

Guiné-Bissau > Mapa 2> Mapas Locais

Província Portuguesa da Guiné > Carta dos Serviços Cartográficos do Exército (1961)

Mapa de Bafatá (1955)

Mapa de Bambadinca (1955)

Mapa de Banjara (1956)

Mapa de Bissorã / Mansoa (1954)

Mapa de Cacoca / Gadamael (1954)

Mapa de Fulacunda (1955)

Mapa de Guileje (1956)

Mapa de Mansoa (1954)

Mapa de Pelundo/Có  (1953)

Mapa do Xime (1955)

Mapa do Xitole (1955)

O nosso álbum de fotografias

 

Índice (de A a Z) (a)

Bafatá

Bambadinca > CCAÇ 2590 / CCAÇ 12 (1969/1971)

Bambadinca > BCAC 2852 (1968/1970) / BART 2917 (1970/1972) /BART 3873 (1972/1974)

Banjara / Geba > CART 1690

Barro / Cacheu > CCAÇ 3

Bigene / Binta >

Bissau >

Bissorã > CCAÇ 13

Brá > Comandos (1965/66)

Como (Ilha do)

Cansissé / Nova Lamego (Gabu) > 3ª CART / BART 6523 (1973/74)

Cantacunda / Geba  > CART 1690

Contuboel  > CCAÇ 2590 / CCAÇ 12

Geba > CART 1690 (1967/69)

Guidage > CCAÇ 4150 (1973/74)

Guileje > CACAÇ 2617 (1970/71), CCAV 8350 (1972/73)

Mansambo > CART 2339 (1968/1969), CART 2714 (1970/72), CART 3493 (1972/1973) e CART 3494 (1972/74)

Nova Lamego (Gabu) > BART 6523 (1973/74)

Saltinho

Xime > CART 2530 (1968/1970), CART 2715 (1970/72), CART CART 3494 (1972/1974)

Xitole > CART 2413 (1968/1970), CART 2716 (1970/1972)

Xitole - Ponte dos Fulas/Outros locais

(a)  Um agradecimento muito especial ao nosso camarad a Mário Dias, sargento Comando (Brá, 1963/64)

 

 

 Guiné > Ilha do Como > 1964  >  Op Tridente (de 14 de Janeiro a 24 de Março de 1964)

© Mário Dias (2005).

"A designada Ilha do Como é, na realidade, constituída por 3 ilhas: Caiar, Como e Catunco mas que formam na prática um todo, já que a separação entre elas é feita por canais relativamente estreitos e apenas na maré-cheia essa separação é notória.

"Na ilha não existia qualquer autoridade administrativa nem força militar pelo que o PAIGC a ocupou (não conquistou) sem qualquer dificuldade em 1963. As tabancas existentes são relativamente pequenas e muito dispersas. Possui numerosos arrozais, o que convinha aos guerrilheiros pois aí tinham uma bela fonte de abastecimento, acrescido do factor estratégico da proximidade com a fronteira marítima Sul e o estabelecimento de uma base num local que facilitava a penetração na península de Tombali e daí poderia ir progredindo para Norte.

"Não tinha estradas. Apenas existia uma picada que ligava as instalações do comerciante de arroz, Manuel Pinho Brandão (na prática, o dono da ilha) a Cachil. A partir desta localidade o acesso ao continente (Catió) era feito de canoa ou por outra qualquer embarcação. A casa deste comerciante era, se não estou em erro, a única construída de cimento e coberta a telha.

"Portugal não exercia, de facto, qualquer espécie de soberania sobre a ilha. Tornava-se imperioso a recuperação do Como. Foi então planeada pelo Com-Chefe a Operação Tridente na qual foram envolvidos numerosos efectivos, divididos em 4 Agrupamentos (...), num total de cerca de 1200/1300 homens"

Fonte: Mário Dias > Guiné 63/74 - CCCLXXII: Op Tridente (Ilha do Como, 1964): Parte I (Mário Dias)  (15 de Dezembro de 2005)


 

 

 Guiné > Ilha do Como > 1964  >  Op Tridente (de 14 de Janeiro a 24 de Março de 1964) > LDM desembarcando as NT

© Mário Dias (2005).

 

  Guiné > Ilha do Como > 1964  >  Op Tridente (de 14 de Janeiro a 24 de Março de 1964) > O repouso do guerreiro

© Mário Dias (2005).

 

  Guiné > Ilha do Como > 1964  >  Op Tridente (de 14 de Janeiro a 24 de Março de 1964) > Partilhando uma refeição

© Mário Dias (2005).

 

  Guiné > Ilha do Como > 1964  >  Op Tridente (de 14 de Janeiro a 24 de Março de 1964) >  O 'desenrascanço' ou a nossa capacidade de sobrevivência

© Mário Dias (2005)

 

 

   Guiné > Ilha do Como > 1964  >  Op Tridente (de 14 de Janeiro a 24 de Março de 1964) >  Um hotel de cinco estrelas

© Mário Dias (2005).

 

 

  Guiné > Ilha do Como > 1964  >  Op Tridente (de 14 de Janeiro a 24 de Março de 1964) > Quarenta anos depois...

© Mário Dias (2005).

 

Links

Sítios sobre a Guerra colonial

Outras páginas

Sítios sobre a Guiné-Bissau

Ex-combatentes  > Lista de contactos

Mensagens

  

Índice
 

 

Última actualização:  15 de Dezembro  de 2005  / Last update: December 15,  2005  

© Luís Graça (1999-2005) .  E-mail: luis.graca@ensp.unl.pt

|    index   |  textos_papers  |  links   |    forum    |   pst_whp   |

|    dados_data   |  historia_history   |   citações _quotations   |    antologia_anthology   |   cvitae  |

| guiné_guerracolonial |

  guine_guerracolonial1  |  guine_guerracolonial2  guine_guerracolonial3  

|  guine_guerracolonial4  | guine_guerracolonial5 | guine_guerracolonial6 |

| guine_guerracolonial7 | guine_guerracolonial8 | guine_guerracolonial9 |

| guine_guerracolonial10 | guine_guerracolonial11  | guine_guerracolonial12 |

| guine_guerracolonial13guine_guerracolonial23 | guine_guerracolonial24 |