Luís Graça & Camaradas

Subsídios para a história da guerra colonial > Guiné (7) > Geba

 

Guiné-Bissau > Mapa 1

Guiné-Bissau > Mapa 2> Mapas Locais

Província Portuguesa da Guiné > Carta dos Serviços Cartográficos do Exército (1961)

Mapa de Bafatá (1955)

Mapa de Bambadinca (1955)

Mapa de Banjara (1956)

Mapa de Bissorã / Mansoa (1954)

Mapa de Cacoca / Gadamael (1954)

Mapa de Fulacunda (1955)

Mapa de Guileje (1956)

Mapa de Mansoa (1954)

Mapa de Pelundo/Có  (1953)

Mapa do Xime (1955)

Mapa do Xitole (1955)

 

 

Guiné > Carta de Bambadinca >

 O Geba Estreito (Rio), e na margem norte a povoação de Geba, mais ou menos a 12 km. a oeste de Bafatá.  Em 1953/55, na altura em que foi foi feito o levantamento cartográfico da Guiné, Geba era um centro ou entreposto comercial e uma "povoação de tipo indígena, cerrada". Em 1968, Geba  era a sede da CART 1690.

Nesta secção do carta de Guiné pode ver-se a estrada principal (normalmente transitável todo o ano) que ligava Bissau a Bafatá, sempre a norte do Rio Geba, passando por Nhacra e Porto Gole e atravessando os regulados de Joladu e Ganadu. Em 1969/1971,  esta estrada estava interdita às NT. A única estrada, alcatroada (e segura), na Zona Leste, era a de Bambadinca-Bafatá, a sul do Rio Geba, no Regulado de Badora.

Fonte: Excerto da Carta da Guiné Portuguesa (1961) 1/500.000. 

 

 

Guiné > O trajecto, de ida e volta,  da Operação  Jigajoga (24 de Junho de 1967)

 

Graças ao Humberto Reis (ou cartas que ele me mandou em fotocópia)  consegui já tirar a "fotografia" exacta das minhas andanças na tal operação de "cabra cega" que foi a Op Jigajoga (vd. post de 30 de Maio de 2005 >  Guiné 69/71 - XXXV: Uma estória de Sinchã Jobel ou a noite em que o Alferes Lopes dormiu na bolanha (1967)

Indico o local dentro da bolanha onde passei a noite, perto de Sinchã Jobel, bem como o local da travessia do rio, local onde havia um tronco de palmeira submerso. Está assilando o caminho da ida (a vermelho) e o do regresso (a verde), que não foi muito diferente. Só achei por bem não vir pelo mesmo carreiro de Jobel, por razões óbvias (armadilhas, eventual mau encontro...), mas tive de ir ao local onde estava o tronco da palmeira, pois era o único onde eu sabia que podia cambar o rio (lá se pode ver a bolanha de Canhagina). Em Sare Madina (ou simplesmente Madina, como dizíamos) o Mamadu (o tal que, afinal, era do PAIGC, e que acabou por ser morto) emprestou-me uma bicicleta para eu chegar a Geba.

Claro que todas aquelas tabancas do mapa, menos Geba, Sinchã Sutu, Sare Ganá e Sare Madina, estavam abandonadas ou destruídas. Era o que sucedia com Sinchã Jobel, que tinha  a base do PAIGC por perto e que, como se vê, estava bem cercada de bolanhas e dentro da mata.

© A. Marques Lopes (2005)

 

 

 

O nosso álbum de fotografias > Sector L2 (Geba)

Índice (de A a Z) (a)

Bafatá

Bambadinca > CCAÇ 2590 / CCAÇ 12 (1969/1971)

Bambadinca > BCAC 2852 (1968/1970) / BART 2917 (1970/1972) /BART 3873 (1972/1974)

Banjara / Geba

Barro / Cacheu > CCAÇ 3

Bissau

Cansissé / Nova Lamego (Gabu) > 3ª CART / BART 6523 (1973/74)

Cantacunda / Geba  

Contuboel  > CCAÇ 2590 / CCAÇ 12

Mansambo > CART 2339 (1968/1969), CART 2714 (1970/72), CART 3493 (1972/1974)

Nova Lamego (Gabu) > BART 6523 (1973/74)

Saltinho

Xime > CART 2520 (1968/70),  CART 2715 (1970/72), CART 3494 (1972/1974)

Xitole > CART 2716 (1970/1972)

Xitole - Ponte dos Fulas / Outros locais

 (a) Um especial agradecimento ao A. Marques Lopes, ao Américo Marques, ao David J. Guimarães, ao Humberto Reis, ao Manuel Fereira e ao Sousa de Castro  que têm alimentado o nosso álbum de fotografias e ajudado a rejuvenescer a nossa memória

 

 

Guiné-Bissau  >Região de Bafatá > 1996:  Ponte sobre o rio Geba na estrada Bafatá-Geba.

 ©  Humberto Reis

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967/69 > O momento feliz do "regresso do mato", são e salvo"... Sobre a Op Jigajoga (ver relatório).

© A. Marques Lopes  (2005)

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967/69 > Dois aspectos do quartel de Geba

© A. Marques Lopes (2005)

 

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967 > No mato, em operações. Uma pausa retemperadora, à sombra de uma árvore...

© A. Marques Lopes (2005)

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967 > No mato, em operações, no tempo seco:  (i) a célebre "bicha de pirilau"; (ii) contactando o PCV (Posto de Comando Volante). 

© A. Marques Lopes  (2005)

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967/69 > No mato, em operações: (I) heli-evacuação de um ferido; (ii) uma casa do IN meio da mata, em Gendo...

© A. Marques Lopes (2005)

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967 > O quodiano da guerra: partir para o mato e chegar... "são e salvo". Foto
à esquerda: à porta do comando...

© A. Marques Lopes (2005)

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967> O convívio com a população local e, em especial, as bajudas...

© A. Marques Lopes  (2005)

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967>  A legenda diz tudo..

© A. Marques Lopes (2005)

 

 

 Guiné-Bissau > Cacheu > 1998 > O ex-alferes miliciano A. Marques Lopes da CART 1690 (1967) , de regresso à Guiné: atravessando o Rio Cacheu de piroga

 © A. Marques Lopes (2005)

 

 Guiné-Bissau > Regiãod e Geba > Jugudul 1998 >  O antigo quartel transformado em destilaria...

 © A. Marques Lopes (2005)

 

 Guiné > Zona Leste > CART 1690 > Geba > 1967 >  Cartazes de propaganda utilizados pelas NT na guerra psicológica. Material gentilmente  cedido pelo Alferes miliciano Reis da CART 1690 (Geba, 1967/69).

© A. Marques Lopes (2005)

 

Guiné >   A tentativa de desmoralização do IN (1)...

"Homem do mato: A tua arma vale dinheiro. Apresenta-te à tropa. Troca a tua arma por dinheiro e poderás comprar roupa e comida".   Nota: Esta imagem foi-nos enviada pelo Sousa de Castro, cedida em primeira mão pelo Jorge Santos. Não tenho a certeza se este tipo de propaganda circulou pelas matas da Guiné, e em especial do Sector L1". L.G.

 © Jorge Santos  (2005)    © Sousa de Castro   (2005) 

 

Guiné >   A tentativa de desmoralização do IN (2)...

 © Jorge Santos   (2005)   © Sousa de Castro    (2005)

 

Guiné > Zona Leste > Sector L1 > Xime> 1972:  A ideologia da guerra colonial (2): um emblema com duas leituras diferentes (PAIGC: Estudo, trabalho, luta; Lutei contra o PAIGC na Guiné Portuguesa)

©  Sousa de Castro (2005)

 

 

© A. Marques Lopes  > Fotos gentilmente cedidas por A. Marques Lopes, coronel (DFA)  na situação de reforma, ex-alferes miliciano da CART 1690 (Geba, 1967) e da CCAÇ 3 (Barro, 1968)
 
©  Sousa de Castro > Fotos gentilmente cedidas  por Sousa de Castro,  o ex-1º cabo radiotelegrafista Castro,  da CART 3494 (1972/74), aquartelada no Xime (1972/73) e depois em Mansambo (1973/74),  pertencente ao   BART 3873 (1972/1974), com sede em Bambadinca.

 

 

RELAÇÃO DAS BAIXAS DA CART 1690 (Guiné , Geba, 1967/1969)

 

A. Militares mortos

Cap. Art.ª

Manuel C. C. Guimarães

Morto em combate

Alf. Mil.

Carlos A. T. Peixoto

Morto em combate

Fur. Mil.

Raul C. Ferreira

Morto em combate

Soldado

Vito S. Ferreira

Morto em combate

Soldado

João A.  Aguiar

Morto em combate

Soldado

Jaime M. N.  Estêvão

Morto em combate

Soldado

José A. V. Sousa

Morto por doença

 

B. Militares desaparecidos em campanha (*)

Alf. Mil.

Fernando C.  Fernandes

Desaparecido em campanha

Soldado

António D. Gomes **

Desaparecido em campanha

Soldado

Agostinho F. Câmara

Desaparecido em campanha

* Em termos militares, “desaparecido” quer dizer que não se recuperou o corpo; eles foram mortos em combate sem que se pudesse trazer os corpos . (**) O António D. Gomes, por exemplo, ficou feito aos bocados, não tendo as NT tempo, nem condições, para o recuperar.

C. Militares retidos pelo IN (*)

Fur. Mil.

João N. Vaz

Retido pelo IN

1º Cabo

José S.  Morais

Retido pelo IN

1º Cabo

José M. M.  Duarte

Retido pelo IN

Soldado

Armindo C. Paulino **

Retido pelo IN

Soldado

Francisco G.  Silva

Retido pelo IN

Soldado

Luís S.A. A. Vieira

Retido pelo IN

Soldado

António A. Duarte

Retido pelo IN

Soldado

José S. Teixeira

Retido pelo IN

Soldado

Domingos N. Costa

Retido pelo IN

Soldado

David N. G. Pedras

Retido pelo IN

Soldado

Luís S. Marques **

Retido pelo IN

Soldado

João C. Sousa

Retido pelo IN

* O termo "retido pelo IN" era um eufemismo. O Governo Português não reconhecia o PAIGC como inimigo, face à Convenção de Genebra. Oficialmente, não havia "prisioneiros".  **Morreram de cólera durante o cativeiro.

D. Militares evacuados para o Hospital Militar Principal (HMP) da Estrela, em Lisboa

Alf. Mil.

António M. M. Lopes

Ferido em combate

Alf. Mil.

Domingos M.S. Maçarico

Ferido em combate

Soldado

António C.  Lopes

Ferido em combate

Soldado

Dagoberto M.C. Boga

Ferido em combate

Soldado

Manuel F. Francisco *

Ferido em combate

*O Manuel F. Francisco foi ferido na operação Invisível em 19 de Dezembro de 1968 e levado pelo PAIGC para o seu hospital de Ziguinchor, tendo depois sido repatriado e ido para o Anexo do HMP. Conto isso nos meus comentários a essa operação, mas, é claro, isso não vem nos documentos oficiais. Foram também evacuados mais 16 por doença, algumas muito esquisitas ( 3 Furriéis, um 1º Cabo e 12 soldados). Além destes, houve naturalmente outros que passaram pelo HM241 de Bissau. Não se referem aqui, naturalmente,a s baixas de outras unidades como as milícias locais que trabalhgaram com a CART 1690.

Fonte: Arquivo pessoal de A. Marques Lopes

Nota de L.G. - Eu e os restantes ex-camaradas de armas que alimentam esta página prestamos uma sentida homenagem aos bravos de Geba, aos que morreram, aos que foram feridos em combate e aos que foram aprisionados. A divulgação dos seus nomes é também uma forma de não os esquecermos, de não esquecermos, a eles e a toda a geração da guerra colonial.

 

 Guiné > Zona Leste  > Geba >  CCART 1690 (1967/69): Croqui do monumento erigido, em Geba, aos  "mortos que tombaram pela pátria"... Em 1995, a jornalista Diana Andringa visitou Geba e escreveu, a propósito deste monumento, semi-destruído, uma peça pungente, no Público,de 10 de Junho de 1995...

 © A. Marques Lopes

 

Links

Sítios sobre a Guerra colonial

Outras páginas

Sítios sobre a Guiné-Bissau

Ex-combatentes  > Lista de contactos

Mensagens

  

 
 

Tertúlia de ex-combatentes da Guiné (1963-1974)

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (1) > Bambadinca

 Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (2) > Xitole /Saltinho

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (3) > Outros Sectores da Zona Leste > Geba > Cantacunda, Banjara

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (4) > Cidades de Bafatá e Bissau

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (5) > Xime

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (6) > Mansambo

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (7) > Geba

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (8) > Cacheu, Barro

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (9) > Nova Lamego (Gabu) Cansissé

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (10) > Carta da da Província da Guiné (1961)

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (11) > Bissorã

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (12) > Brá > Comandos

Subsídios para a História da Guerra Colonial > Guiné (13) > Guileje

 

Última actualização:  20 de Dezembro  de 2005  / Last update: Dewcember 20,  2005  

© Luís Graça (1999-2005) .  E-mail: luis.graca@ensp.unl.pt

|    index   |  textos_papers  |  links   |    forum    |   pst_whp   |

|    dados_data   |  historia_history   |   citações _quotations   |    antologia_anthology   |   cvitae  |

| guiné_guerracolonial |

  guine_guerracolonial1  |  guine_guerracolonial2   guine_guerracolonial3  

|  guine_guerracolonial4  | guine_guerracolonial5 | guine_guerracolonial6 |

| guine_guerracolonial7 | guine_guerracolonial8 | guine_guerracolonial9 |

| guine_guerracolonial10 | guine_guerracolonial11  | guine_guerracolonial12 |

| guine_guerracolonial13 |