Mestrados

Epidemiologia, Bioestatística e Investigação em Saúde

ENSP-NOVA

O Curso de Mestrado em Epidemiologia Bioestatística e Investigação em Saúde (EPIBIS) é uma parceria entre a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP-NOVA) e a NOVA Medical School (NMS) e tem a finalidade de dotar os participantes de conhecimentos e metodologias de investigação epidemiológica, de modo a permitir elaborar e desenvolver, de forma autónoma, projetos de investigação epidemiológica.

O EPIBIS destina-se a profissionais de saúde e pessoas com formação ou interesse pelas áreas da saúde, investigação epidemiológica e bioestatística (médicos, biomédicos, enfermeiros, nutricionistas, matemáticos/estatísticos, gestores, entre outros).

O Curso tem como objetivos:

  • Autonomizar os participantes na colocação de questões de investigação com impacto populacional;
  • Dotar os participantes de conhecimentos sobre epidemiologia básica, avançada e aplicada a várias especialidades e doenças;
  • Fornecer conhecimentos de estatística básica e avançada para aplicação em estudos em saúde;
  • Reforçar o gosto pelo estudo e conhecimento, com o objetivo final de melhorar os cuidados prestados aos doentes;
  • Fornecer conhecimentos sobre bioética e boas práticas clínicas;
    desenvolver a capacidade crítica em relação aos resultados de investigação publicada e disponível;
  • Melhorar a escrita e submissão de protocolos e artigos científicos, otimizar a gestão de projetos e a gestão de equipas;
  • Adequar e otimizar a comunicação de resultados para várias audiências (científica, comunicação social, população geral).

 

Pretende-se que no final do Mestrado os alunos tenham atingido as seguintes competências:

  • Obtenção e desenvolvimento de conhecimento metodológico, científico e analítico
  • Capacidade de recolher dados e analisar a dinâmica e a complexidade da investigação, inovação nos serviços de saúde, gestão da inovação e gestão da qualidade
  • Capacidade de avaliar criticamente a aplicabilidade prática de teorias, conceitos e modelos de investigação na área da saúde
  • Capacidade de produzir e gerir investigação em serviços de saúde e efetuar a gestão de projetos
  • Capacidade de desenvolver um ambiente criativo dentro de um contexto de saúde
  • Capacidade de desenvolver soluções bem argumentadas para problemas de investigação em serviços de saúde

 

Esta formação vai permitir aos alunos enfrentar novos desafios de carreira em investigação epidemiológica, liderança organizacional, gestão de projetos, comunicação em saúde e melhoria dos processos na saúde.

 

Saídas profissionais

Empregabilidade na área da saúde incluindo indústria farmacêutica, serviços de saúde, consultoria, investigação em saúde.

 

ACREDITAÇÃO

Este curso é acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.

 

Coordenação

Coordenadores:
Prof. Pedro Aguiar (ENSP-NOVA) | Prof.ª Helena Canhão (NMS)
Coordenadores Adjuntos:
Prof. Baltazar Nunes (ENSP-NOVA) | Prof. Bruno Heleno (NMS)

 

Mensagem dos Coordenadores

 

Secretariado

Manuela Santos
Tel.+351 217 512 169
E-mail mmsantos@ensp.unl.pt

 

Número do registo na DGES: R/A-Cr 77/2019

 

1º Ano
Unidades Curriculares Semestrais
Gestão de Projetos em Saúde 4 ECTS
Estatística 5 ECTS
Epidemiologia 5 ECTS
Métodos Qualitativos 4 ECTS
Epidemiologia Avançada 6 ECTS
Estatística Avançada 6 ECTS
Ética da Investigação 4 ECTS
Comunicação de Ciência 4 ECTS
Seminário de Epidemiologia* 6 ECTS
Seminário de Investigação* 8 ECTS
Opcional 1 4 ECTS
Opcional 2 4 ECTS
2º Ano
Trabalho de Projeto 60 ECTS
Total de ECTS  120

* Unidade Curricular anual

 

 

Horário

Horário 2º Semestre
Duração

2 anos letivos 

Ano 1
Unidades curriculares obrigatórias
3ª e 5ª feira | 16:30h às 22:10h
Unidades curriculares opcionais
4ª feira (tarde) e/ou sábado (manhã)

PROCESSO DE SELEÇÃO E DE ADMISSÃO DE CANDIDATOS

RESUMO DE DATAS

 

2ª Fase de candidaturas

Candidatura: 4 de agosto a 1 de setembro
Seleção: 7 a 10 de setembro

Publicação da lista de admitidos: até 25 de setembro
Matrícula: entre 25 e 29 de setembro

O Curso funciona com um número máximo de 15 alunos.

 

CANDIDATURA

A candidatura ao Curso de Mestrado em Epidemiologia Bioestatística e Investigação em Saúde é feita online, por preenchimento de formulário próprio e questionário biográfico.

A documentação comprovativa do grau de licenciatura ou equivalente e quaisquer outros elementos curriculares que o candidato entenda relevantes são anexados ao formulário.

 

REQUISITOS

  • Grau de licenciatura (ou equivalente)
  • Domínio do português e inglês (para compreensão de bibliografia)

 

SELEÇÃO

Os candidatos pré-selecionados por análise curricular serão submetidos a prova de seleção (entrevista individual), por um júri constituído para o efeito.

A marcar oportunamente.

 

Critério de avaliação

Mérito Académico (20%) Peso
Percurso académico do candidato e graus académicos adquiridos 60%
Atividade científica 20%
Outra formação e estágios 20%
Experiência Profissional (10%)
Avaliação global do percurso do candidato atendendo à sua formação e faixa etária 80%
Outras competências (domínio língua inglesa, conhecimentos informática, atividades de valor social) 20%
Consistência do candidatura (20%)
Motivação do candidato 100%
 Entrevista (50%)
Capacidade de comunicação verbal 30%
Motivação do candidato 30%
Perspetivas futuras 20%
Cultura geral 20%
Classificação final da entrevista (média aritmética) na escala de 0-20

 

 

O Curso funciona com um número mínimo de 10 inscrições e um máximo de 25, salvaguardando a hipótese de admitir supranumerários.

 

ENCARGOS

Taxa de candidatura - € 51,00

 

Propinas