Mestrados

Gestão da Saúde

ENSP-NOVA

O Curso de Mestrado em Gestão da Saúde( CMGS) tem como finalidades a aquisição de conhecimentos científicos e competências avançadas para o estudo e para a investigação no domínio da gestão em saúde.

 

SAÍDAS PROFISSIONAIS

Quando ingressam no CMGS, muitos dos nossos alunos estão já integrados no mercado de trabalho, e frequentemente na área da saúde. Neste contexto, o CMGS pode ser útil e importante para efeitos de progressão na carreira ou para mudança de funções, habitualmente da prestação directa de cuidados a utentes para funções de gestão.

Para os mestrandos ainda não integrados no mercado de trabalho, ou de fora da área da saúde, o CMGS pode ser útil para concorrer a posições de gestão, nos sectores público e privado,  em Portugal ou no estrangeiro, nos cuidados de saúde primários, nos cuidados hospitalares, em organismos regionais ou centrais, ou noutros tipos de prestadores ou organizações de saúde (por exemplo, das áreas da medicina dentária, fisioterapia, análises clínicas, cuidados continuados, ...).

O CMGS pode ainda ser porta de entrada para uma via académica, nomeadamente para programas de doutoramento: o da Escola, ou outros, em Portugal ou no estrangeiro.

 

Acreditação

Este curso é acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.

 

Empregabilidade

De acordo com os últimos dados disponíveis do Observatório para a inserção profissional da Universidade Nova de Lisboa [1], 100% dos alunos que terminaram o CMGS voltariam a escolher a ENSP-NOVA para realizar as suas formações e cerca de 84% voltariam a escolher o mesmo curso.
[1] Inquéritos feitos em 2015, 2016 e 2017 aos alunos que terminaram o curso (média ponderada).

 

Coordenação

Prof. Doutor Paulo Boto (Coordenador)
Profª Doutora Joana Alves (Coordenadora Adjunta)

 

Secretariado

Paula Silva
Tel. +351 217 512 201
E-mail paulacris@ensp.unl.pt

1º Ano
Unidades Curriculares Obrigatórias [24 ECTS]
Fundamentos da Saúde Pública 4
Epidemiologia 4
Estatística 4
Economia da Saúde 4
Métodos de Investigação Social em Saúde 4
Política e Gestão em Saúde 4
Opcionais Condicionadas [no minímo 23 ECTS]
Gestão em Saúde 5
Gestão de Recursos 6
Avaliação do Desempenho em Organizações de Saúde 5
Direito e Ética em Saúde 4
Estratégia e Marketing 4
Financiamento e Análise Financeira 5
Produção em Organizações de Saúde 5
Qualidade em Saúde 5
Opções Livres [no minímo 13 ECTS]
2º Ano
Dissertação 60
Total de ECTS  120

horários

 

 

Calendário

2 Anos Letivos [out 2021 - jul 2023]
Ano 1
Unidades curriculares obrigatórias
2ª e 3ª feira | 16:30h às 22:10h
Unidades curriculares opcionais
4ª feira (tarde) e/ou sábado (manhã)
Ano 2
Dissertação de Mestrado

4 Seminários de investigação / Semestre | 2ª e/ou 3ª feira

 

Resumo de datas

Não haverá 2ª fase candidaturas para o Mestrado em Gestão da Saúde, em virtude de as vagas terem sido todas preenchidas na 1ª fase.

 

Propinas

 

 

 

A organização, funcionamento, atividades e demais aspetos relacionados com o Mestrado em Gestão da Saúde encontram-se definidas no respetivo Regulamento.

 

Regulamento do Curso de Mestrado em Gestão da Saúde
Despacho 12550/2016 de 18 de outubro - alteração artigo 9º

 

Óscar Brito Fernandes

Unidade de Ensaios Clínicos do Centro Hospitalar de Lisboa Central

Para além da valiosa diversidade de alunos, encontrei um corpo docente desafiador e dialogante, com disponibilidade para, em conjunto, definir trajetórias personalizadas de aprendizagem, convidando cada aluno a superar-se; e exigindo de cada aluno um contributo para o desenvolvimento da instituição. Sobre o CMGS posso dizer que a construção curricular cobre os principais desafios na gestão de organizações de saúde, articulando as visões dos diferentes atores envolvidos no setor e de diferentes níveis de prestação de cuidados.

 

Marco Ferreira

Diretor Clínico Hospitalar

Ao assumir funções de direção de serviço num hospital senti necessidade de completar a minha formação. O Mestrado de Gestão da Saúde da ENSP-NOVA surgiu como a melhor opção: para além do renome da Escola e do seu quadro docente, as áreas abordadas no ano curricular revelaram-se de grande importância para as tarefas que tenho que desempenhar.

 

Maria João Melo

Escolhi a Escola Nacional de Saúde Pública devido ao seu reconhecimento a nível internacional, o excelente corpo docente, e pela oferta de diversas unidades curriculares que abrangem várias temáticas, tanto a nível da gestão como da saúde. A nível profissional contribuiu para que fosse oferecido um estágio renumerado ainda na conclusão do segundo ano do curso.

 

Ricardo Gonçalves

Walk’in Clinics

A minha experiência neste curso foi muito enriquecedora, a nível pessoal, académico e profissional. Durante o Curso recebi uma proposta para um cargo de gestão intermédia e após o seu término, fui promovido, encontrando-me, atualmente, num cargo de gestão de uma unidade de saúde privada onde valorizo e aplico diariamente o que aprendi. Voltaria a escolher a ENSP-NOVA sem hesitar.

 

Solange Fernandes

O reconhecimento a nível internacional da ENSP-NOVA, o óptimo corpo docente e completo e bem estruturado plano curricular do curso foram decisivos na escolha da escola. A disponibilidade e apoio constantes do corpo docente e restantes profissionais administrativos, bem como o companheirismo entre colegas de curso foram vitais e tornaram este percurso num período muito gratificante.