Mestrados

Saúde Pública

ENSP-NOVA

O Mestrado em Saúde Pública tem como finalidades o desenvolvimento e aquisição de conhecimentos científicos e competências avançadas para o estudo e investigação no domínio da Saúde Pública.

Para tal, pretende-se que os alunos:

  • Desenvolvam conhecimentos e aptidões, no plano científico, teórico e prático, que contribuam para a melhoria da saúde das populações e do desempenho dos sistemas e organizações de saúde, a nível nacional e internacional
  • Desenvolvam a capacidade para investigar e contribuir para o conhecimento e para a resolução de problemas nas áreas nucleares da Saúde Pública e em contextos multidisciplinares
  • Disponham da capacidade de avaliar critica e sistematicamente a sua prática e de produzir e contribuir para o conhecimento, através da sua participação em estudos e projetos de investigação, bem como em grupos de trabalho, de natureza científica, no domínio da Saúde Pública

 

ACREDITAÇÃO

Este curso é acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.


Empregabilidade

De acordo com os últimos dados disponíveis do Observatório para a inserção profissional da Universidade Nova de Lisboa[1], a taxa de emprego dos alunos mestres pela ENSP-NOVA[2], um ano após a conclusão do seu programa educacional, é de 96%.

Cerca de 93% dos Mestres pela ENSP-NOVA voltariam a escolher o mesmo estabelecimento de ensino para realizar as suas formações e cerca de 93% voltariam a escolher o mesmo curso.

[1] Dados do inquérito feito em 2015, aos alunos que fizeram os cursos de 2012-2013.
[2] Mestrado em Gestão da Saúde e Mestrado em Saúde Pública.


Coordenação

Prof. Doutor Paulo Sousa (Coordenador)
(Consulte a Mensagem Coordenador)

Prof.ª Doutora Emília Nunes (Coordenadora Adjunta)

 

SECRETARIADO

Manuela Santos
Tel.+351 217 512 169
E-mail mmsantos@ensp.unl.pt

Unidade Curricular ECTS
1º Ano
Fundamentos da Saúde Pública 4
Estatística 4
Estratégias de Ação e Planeamento em Saúde 4
Economia da Saúde 4
Princípios e Estratégias de Promoção da Saúde 4
Programas de Saúde Baseados na Evidência 4
Epidemiologia 4
Direito e Ética em Saúde 4
Métodos de Investigação Social em Saúde 4
Saúde Ocupacional e Ambiental 4
Políticas e Gestão em Saúde 4
Opções Livres 16
2º Ano
Dissertação 60
Total 120

Tempo Integral

2 Anos Letivos [out 2018 - jul 2020]
Ano 1
Unidades curriculares obrigatórias
5ª e 6ª feira | 16h30 - 22h10
Unidades curriculares opcionais
4ª feira (tarde) e/ou sábado (manhã)
Ano 2
Dissertação de Mestrado
3 Seminários de Investigação / semestre | 5º feira

Tempo Parcial

3 Anos Letivos [out 2018 - jul 2021]
Ano 1 e 2
Unidades curriculares obrigatórias
5ª e 6ª feira | 16h30 - 22h10
Unidades curriculares opcionais
4ª feira (tarde) e/ou sábado (manhã)
Ano 3
Dissertação de Mestrado
3 Seminários de Investigação / semestre | 5º feira

Nota 1: a carga horária do tempo parcial depende das Unidades Curriculares escolhidas em cada ano letivo.
Nota 2: Estão planeadas algumas sessões na modalidade de ensino não presencial.

 

Horário 1º Semestre

RESUMO DE DATAS

1ª Fase

Candidatura: 7 mai - 1 Jul
Seleção: 2 jul - 12 jul
Matrícula: Até 27 jul (e após publicação de lista de admitidos)

2ª Fase

[Só terá lugar se o nº total de vagas não for preenchido na 1ª fase]

Candidatura: 13 jul - 7 set
Seleção: 11 set - 14 set
Matrícula: Até 28 set (e após publicação da lista de admitidos)

 

Candidatura

A candidatura ao Mestrado em Saúde Pública é feita online, através do preenchimento de formulário próprio e questionário biográfico. deve ser anexada a documentação comprovativa do grau de licenciatura ou equivalente.

Outros elementos curriculares que o candidato entenda relevantes deverão ser anexados ao formulário.

 

Requisitos

  • Grau de licenciatura (ou equivalente)
  • Domínio profícuo de português, inglês e básico de espanhol (para utilização de leituras durante o curso)

 

Seleção

Os candidatos são selecionados por análise curricular e poderão ser submetidos a prova de seleção eliminatória (entrevista individual), por um júri constituído para o efeito.

 

Encargos

Taxa de candidatura - € 51,00

Propinas
A organização, funcionamento, atividades e demais aspetos relacionados com o Mestrado em Saúde Pública estão definidos no respetivo Regulamento.
Consulte o Regulamento do Curso de Mestrado em Saúde Pública

 

Sónia Rodrigues

O Mestrado em Saúde Pública da ENSP, com um currículo tão amplo e diversificado, prima sem dúvida pela qualidade e empenho dos profissionais envolvidos, que contribuíram fortemente para o meu desenvolvimento pessoal e profissional. Adicionalmente, frequentar uma escola tão orientada para a investigação científica mas na qual impera um ambiente tão familiar, constituiu uma grande experiência, que recomendo vivamente.

 

Adilson Marques

Fiz o mestrado em saúde pública na ENSP. Depois de procurar um curso em epidemiologia ou saúde pública em várias instituições escolhi a ENSP. Os motivos que pautaram a minha escolha foram o reconhecimento público da instituição, a qualidade do ensino e do corpo docente. Durante a minha passagem pela ENSP pude comprovar que é uma instituição de elevada qualidade, com um corpo docente muito qualificado e com experiência profissional e científica. Paralelamente a isso, enfatizo também a qualidade do ensino, que, através de diferentes metodologias, potenciam a aprendizagem dos alunos durante as atividade letivas. Saliento ainda a relação entre professores e alunos, que é uma das caraterísticas da escola que mais me marcou, porque a escola tem um ethos escolar caraterizado pela proximidade e informalidade, permitindo que os alunos abordem facilmente os professores para esclarecimentos de dúvidas, partilha de experiências, realização de projetos científicos e mesmo para o tratamento de questões burocráicas. Entrei com grande expetativa na ENSP e saí muito satisfeito, com vontade de preservar a ligação com a instituição.

 

Sonia Roque

O CMSP é um curso com toda a abrangência da Saúde Pública que permite aos seus alunos tomar contacto com conhecimentos fundamentais para o exercício,desenvolvimento e investigação na área. Além do interesse e oportunidade dos conteúdos e das temáticas do curso, só enaltecida pela riqueza de recursos disponíveis na ENSP, é indispensável referir que pela interação com outros profissionais o CMSP permite um grande crescimento pessoal e profissional.

 

Ana Marta Moniz

O CMSP é um mestrado bastante completo e versátil. O plano curricular permite que os alunos escolham a área com a qual se identificam, tanto pelo tronco comum, como através da vasta escolha de unidades curriculares opcionais. Pessoalmente direccionei o meu plano de estudos para a área das Políticas e Gestão em Saúde, tendo tido a possibilidade de escolher disciplinas como, Financiamento e Análise Financeira, Economia e Políticas em Saúde e International Health, com as quais pude conhecer o estado de arte da Saúde em Portugal e pelo Mundo. Uma vez que, as aulas são leccionadas por docentes que têm igualmente experiência profissional na temática que abordam, são sempre expostas de uma forma muito prática e objectiva, o que ajuda bastante a compreender o que nos é transmitido e o que se passa na realidade, como também a trilhar o nosso caminhoindividual de futuro . Nesta escola encontrei um espírito de entreajuda muito grande entre os colegas quer do mesmo curso, quer de outros que ocorrem em paralelo. O corpo docente, exigente e dedicado, sempre se mostrou muito disponível para nos ajudar nos trabalhos a realizar, apresentando uma imensa abertura a novas ideias e na concretização das mesmas.

 

Diana Fernandes da Terra

O mestrado de saúde pública foi uma escolha individual dentro das necessidades sentidas nas funções que cumpria, mas acima de tudo constitui-se como um complemento essencial à minha formação de especialista hospitalar na área das doenças infecciosas. Com o esforço inerente a manter a atividade clínica em junção com a atividade de discente do ensino pós-graduado, foi sentido como uma lufada de ar fresco. As novas áreas impulsionaram a pesquisa de conhecimento e estimularam novos projetos de trabalho e investigação, constituindo-se como um desafio para abandonar a área de conforto da minha formação de base. Do ponto de vista humano, a turma com elementos com formações diversificadas e experiências de vida muito díspares, funcionou como um elo essencial de motivação e apoio mútuo, que à partida não estaria à espera.