Pós-Graduações

Gestão de Projetos em Saúde

ENSP-NOVA

missão

O Curso de Pós-graduação em Gestão de Projetos em Saúde tem como missão preparar especialistas de gestão de projetos, capazes de aplicar os princípios da disciplina, o corpo de conhecimentos, ferramentas e técnicas preconizados nos referenciais, e de exercer as competências necessárias para gerir projetos de complexidade distinta com sucesso.

Abordagem

Com grande enfoque em estudos de caso da saúde pública, os alunos irão conhecer as especificidades do setor, desenvolver o pensamento crítico, estratégias de maximização de oportunidades e minimização de riscos, e exercitar as competências relevantes para a liderança de projetos neste setting específico.

Para além de hard skills, será trabalhado durante o programa um conjunto alargado de soft skills, estratégias e técnicas de comunicação assertiva para uma grande variedade de contextos e audiências.

Ao longo do curso, os participantes irão contactar com reputados académicos, gestores de projeto, gestores de programas e de portfólio, responsáveis de gabinetes de suporte à gestão de projetos, irão conhecer as dinâmicas das organizações tradicionais e das orientadas a projetos e compreender os desafios da gestão de projetos no setor da saúde. Irão aprender com reputados professores da Escola - peritos nas suas áreas - e com um grupo alargado de oradores com elevada experiência em gestão de projetos e portfólios.

O curso está estruturado de modo a proporcionar aos alunos formação avançada em gestão de projetos, constroi a partir da melhor evidência disponível, está fortemente suportado em metodologias práticas, permitindo que estudantes com diferentes graus de experiência aufiram de oportunidades dinâmicas para exercitar e aplicar os conhecimentos adquiridos durante o programa.

O curso está organizado de forma a que os alunos que o desejem se possam candidatar à certificação IPMA/APOGEP em gestão de projetos na categoria de Certified Project Management Associate.

destinatários

Este curso é vital para pessoas envolvidas em trabalho de projeto no setor público, privado e social, incluindo, mas não se restringindo aos seguintes grupos:

  • Investigadores, académicos, engenheiros, técnicos superiores, profissionais de saúde, administradores hospitalares, gestores, que integrem ou pretendam integrar equipas de projeto, que exerçam ou pretendam exercer o cargo de gestor de projeto, de programa ou de portfólio;
  • Responsáveis de gabinetes de suporte à gestão de projetos;
  • Consultores;
  • Indivíduos a trabalhar em áreas de projeto das ONG’s a operar no setor da saúde e economia social;
  • Gestores de áreas como segurança do doente, qualidade, gestão do risco e ensaios clínicos.

 

Coordenação

Professor António Tavares
Professora Carolina Santos

 

secretariado

Para mais informação: academicos@ensp.unl.pt

Unidades Curriculares Coordenação Outros Docentes ECTS
Teoria de Gestão de Projetos Carolina Santos Paulo Boto 
João Pequenão
4
Avaliação Financeira
e de Risco em Projetos
Rui Santana Gonçalo Rijo 3
Agile e Ferramentas de Gestão de Projeto Carolina Santos João Pequenão 6
Competências Individuais e Organizacionais
em Gestão de Projetos
Carolina Santos 5
Cooperação Internacional Alexandre Abrantes 2*
Total: 20

 

Conheça o Expert Committee.

Este conjunto de alargado de peritos com elevada expertise em áreas e temas afins à gestão de projetos participará no contexto dos seminários de gestão de projetos e no pitch que os alunos apresentarão em vários momentos do processo formativo.

 

Todas as aulas serão transmitidas por videoconferência pelo que o curso poderá também ser frequentado à distância.

 

Data prevista de abertura do curso

30 de abril de 2021.

 

Duração

  • Aproximadamente 15 dias completos | 122h de estudo autónomo

Durante o programa os estudantes irão desenvolver as suas aprendizagens através de uma combinação de aulas teóricas, exercícios práticos, trabalho de projeto e seminários, totalizando 8 a 12 horas de sessões letivas semanais.

Adicionalmente, é esperado que trabalhem autonomamente cerca de 122 horas individualmente e em grupos de trabalho.

 

Horário

  • Sextas-feiras |14h30 - 20h10
  • Alguns sábados | 9h30-13h10

datas da 2ª Edição | 2021

Candidaturas: 1 fev – 19 março
Seleção: 29 março – 9 abril
Matrícula: até 19 abril 

Início previsto do curso: 30 de abril

 

candidatura

A candidatura é feita online, por preenchimento de formulário próprio e questionário biográfico.

A documentação comprovativa do grau de licenciatura ou equivalente e quaisquer outros elementos curriculares que o candidato entenda relevantes são anexados ao formulário.

 

REQUISITOS

  • Grau de licenciatura (ou equivalente)
  • Domínio do português e inglês (para compreensão de bibliografia)

 

SELEÇÃO

Os candidatos são selecionados por análise curricular e poderão ser submetidos a entrevista individual, por um júri constituído para o efeito. As entrevistas realizar-se-ão, previsivelmente, entre os dias 29 de março e 9 de abril.

O Curso funciona com um número mínimo de 10 inscrições e um máximo de 20, salvaguardando a hipótese de admitir supranumerários.

 

encargos

A propina do curso tem o valor de 1.550€.

 

 Joana Venâncio,  Healthcare Business Developer na Glintt

 

A inscrição na Pós-Graduação foi motivada fundamentalmente pela necessidade sentida de adquirir e fortalecer competências específicas de gestão de projetos, nomeadamente, de foro mais técnico. A minha experiência profissional tem sido caracterizada pelo envolvimento e acompanhamento de diversos projetos tecnológicos na área da saúde. No entanto, a certa altura, senti falta de aprofundar as bases técnicas e sem dúvida que a Pós-Graduação foi uma mais-valia no meu percurso e crescimento profissional. Tendo sido anteriormente aluna da Escola Nacional de Saúde Pública (no âmbito do Curso de Especialização em Administração Hospitalar), sabia de antemão que a frequência da Pós-Graduação seria uma aposta certa não só tendo em conta a qualidade do ensino numa perspetiva mais curricular mas também no que respeita à oportunidade de conviver e aprender com pessoas com backgrounds e experiências tão diversificados. O desenvolvimento de um trabalho de grupo ao longo da duração da Pós-Graduação foi um excelente exercício que permitiu aplicar os conhecimentos adquiridos nas várias Unidades Curriculares, o que acabou por se revelar muito estimulante, desafiante e enriquecedor, fundamentalmente por ter possibilitado discussões tão interessantes entre os vários colegas. De sublinhar a dedicação, disponibilidade e proximidade do corpo docente que contribuiu decisivamente para uma experiência única de aprendizagem.

Por fim, a frequência e a conclusão da Pós-Graduação em outubro de 2020 foi a motivação certa para avançar para a obtenção de Certificação, em novembro do mesmo ano, promovida em Portugal pela APOGEP.

 

 

 

Mónica Cristina, Técnica Superior

 

A decisão de participar nesta 1ª edição do CPGGPS, depois de ter frequentado o módulo de GPS, foi uma escolha natural de evolução pessoal e profissional face à importância e atualidade deste tema nos dias de hoje.

Esta formação foi uma mais valia para o meu crescimento profissional e foi necessária para a compreensão da Gestão de Projetos em particular na área da saúde. O corpo docente foi essencial neste percurso, procurando sempre transmitir-nos o conhecimento de forma acessível e criativa tendo em conta as restrições impostas num contexto pandémico.

O networking e a partilha de experiências e conhecimentos com colegas de diversas áreas, enriqueceram e muito toda a aprendizagem técnica. Desta experiência levo não só o conhecimento mas também as relações de amizade e companheirismo construídas ao longo das várias horas em discutimos muito entusiasticamente o tema do Project Management Office.

Como nota final, o CPGGPS revelou ser também um bom ponto de partida para a certificação IPMA.

 

 

Ana Rita Constante, Médica

 

Na minha prática clínica estou constantemente envolvida em projetos, pelo que esta pós-graduação foi o melhor passo que podia ter dado. Desde o currículo bem estruturado e abrangente, aos professores altamente motivados e competentes, pude adquirir conhecimento e competências básicas de gestão de projetos, com especial foco na área da saúde. As aulas foram interativas e os momentos de avaliação muito enriquecedores, contando com a presença de um painel de experts de renome. Permitiu-me também iniciar-me no mundo do empreendedorismo, levando o projeto criado em "sala de aula" a várias iniciativas, como o NOVA impACT! challenge.

Considero que esta pós-graduação é uma excelente forma de sermos introduzidos no "mundo" da gestão de projetos - seja numa perspetiva de incluirmos na nossa prática clínica os conceitos adquiridos, iniciarmos novos projetos ou avançarmos para certificação. Sem dúvida que irei continuar o caminho iniciado.

 

 

Inês Sampaio, Enfermeira

 

Como enfermeira, sempre senti que o paradigma da prestação de cuidados se centrava exclusivamente na reatividade, em vez da proactividade. A pós-graduação em Gestão de Projetos em Saúde veio preencher uma enorme lacuna ao nível de conhecimento e prática, de modo a ter a formação necessária para que possa fomentar a mudança no meu meio profissional.

Durante o meu percurso neste curso de formação avançada, a minha perspetiva de horizonte profissional foi amplamente alargada, as minhas soft skills foram aprimoradas, o conhecimento do ciclo de vida de um projeto e as ferramentas necessárias para o implementar, fazem de mim uma profissional de saúde muito mais capacitada para as mudanças que se adivinham.

 

João Lima, Nutricionista,

Professor na Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Coimbra

 

A realização da Pós-graduação em Gestão de Projetos na Escola Nacional de Saúde Pública foi muito gratificante, sendo marcada pela aquisição de novos conhecimentos e sistematização de outros adquiridos com base em experiências anteriores. Permitiu descobrir uma área de trabalho/ação em forte crescimento, procurando uma melhor eficácia e eficiência no trabalho desenvolvido. A integração num grupo de estudantes multidisciplinar, a juventude, experiência e capacidade do corpo docente e o desenvolvimento de aprendizagens e avaliação com base em pacotes de trabalho de um projeto – a pós-graduação, permitiu no imediato aplicar os conceitos em estudo.

Grato por esta experiência, esperando no futuro partilharmos outras.